2 de dez de 2012

Poeira No Vento

Eu fecho meus olhos
Apenas por um momento
E o momento se foi
Todos os meus sonhos
Passa diante dos olhos uma curiosidade


Em um mar infinito
Tudo o que fazemos
Desmorona sobre a terra
Embora nós nos recusamos a ver



Agora, não fique esperando
Nada dura para sempre
Apenas o céu e a terra..
Isto escapa
E todo o seu dinheiro
Não comprará outro minuto